Temporada de verão em SC tem leve queda no faturamento do comércio e da hotelaria, diz pesquisa

O faturamento do comércio e da hotelaria na temporada de verão 2019 em Santa Catarina caiu em relação a de 2018, conforme pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) divulgada nesta terça-feira (26). Nas lojas, a variação foi de -9,8% e nos hotéis e pousadas, de -19,5%.

O estudo foi feito nos municípios de São Francisco do Sul, no Norte, Balneário Camboriú, no Litoral Norte, Florianópolis, e Imbituba e Laguna, no Sul.

A taxa de ocupação de leitos na hotelaria foi de 72,1%, enquanto em 2018 o índice foi de 81,6%. No comércio, a média de gastos foi de R$ 173 em 2019.

A pesquisa também abordou o perfil do turista que visita Santa Catarina. A maioria tem entre 31 e 40 anos. Do total, 50,5% são casados ou estão em união estável. Outros 40% são solteiros.

Em relação à nacionalidade, 71,6% são brasileiros. Segundo a pesquisa, o número de estrangeiros que visitam o estado dobrou em relação a 2013. A maior parte dos estrangeiros que vêm a Santa Catarina têm como países de origem:

  • Argentina: 20,6% dos turistas
  • Paraguai: 2,9% dos turistas
  • Uruguai: 1,8% dos turistas
  • Chile: 1,4% dos turistas
  • Itália: 0,2% dos turistas
  • Portugal: 0,2% dos turistas
  • Outros países: 1,2% dos turistas

Outros dados de destaque na pesquisa incluem que 54,2% dos turistas circulam dentro das cidades com veículos próprios e que o estrangeiro gastou 2,4 vezes mais do que o brasileiro.

Em relação à hospedagem, a maioria ficou em imóvel alugado:

Comente Abaixo