Traficante líder de facção é preso em Itapema

Jonas Silva Corrêa, o Gordão, um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no sul do país, foi preso em uma operação das polícias Civil e Federal na manhã de ontem. O cara estava foragido desde 2017 e morava há três meses em um condomínio luxoso de Itapema.

Segundo as investigações, Gordão é o braço direito do traficante Minotauro. Com a prisão dele em fevereiro passado, em Balneário Camboriú, Gordão passou a cuidar dos negócios pro cara.
A dupla disputava o comando do tráfico de drogas na fronteira entre Brasil e Paraguai. Gordão já tinha sido preso em 2015, mas acabou fugindo em 2017, quando os comparsas o resgataram da UPA de Biguaçu durante um atendimento médico.

A investigação apontou que Gordão estava morando em um condomínio na rua 294, no bairro Meia Praia, há três meses. A família dele morava em Camboriú e pra não levantar suspeitas, aos finais de semana visitava ele no apê.

Na região, o cara usava o nome falso de Paulo Henrique. Ele se dizia empresário. Contava que tinha uma empresa que presta serviços de pintura, colocação de piso e obras em geral.
A polícia cumpriu cinco mandados de busca e apreensão. No apê dele foram apreendidos R$ 18 mil, dois carros, Corolla e F250, celulares e documentos. CNHs, RGs e certidões de nascimento falsificadas também foram encontrados com o traficante.

O foragido prestou depoimento ao delegado Vicente Soares, da divisão de Investigação Criminal (DIC), e depois foi levado para o cadeião da Canhanduba.

Comente Abaixo