Três empresas são habilitadas na licitação do alargamento da Praia Central

Foram julgados nesta terça-feira (22), e será disponibilizado no site da Prefeitura de Balneário Camboriú, os recursos administrativos referentes a licitação para contratação da empresa que fará a recuperação da faixa de areia da Praia Central.

Três empresas, das quatro concorrentes, foram habilitadas em caráter irrevogável pelo Secretário de Compras do Município, Samaroni Benedet.

Também já foi marcada a abertura dos envelopes contendo as propostas de preço das três empresas que se dará no próximo dia 25 de setembro, às 9h25min.

Como funcionará o alargamento da faixa de areia da Praia Central

O projeto de alargamento da orla e proteção da costa de Balneário Camboriú consiste na alimentação artificial da Praia Central através de aterro hidráulico (material transportado ao local por meio de água canalizada) em toda faixa de areia, desde o ponto extremo da Barra Sul ao final da Barra Norte.

A areia para o aterro virá de uma jazida situada no fundo do mar, a 15km de distância.

A revitalização da Avenida Atlântica também faz parte do projeto. A ideia é proporcionar mais conforto aos pedestres com um largo calçadão, que incluirá espaço para caminhada, pista de corrida e ciclovia.

A via também será ampliada para trazer maior fluidez ao trânsito. Serão duas pistas e uma faixa de ônibus.

A proposta é construir as novas pistas onde hoje se encontra a faixa de areia. Ao final das obras, a praia terá 55m de faixa de areia, além do trecho de 25m onde serão implementados os equipamentos de lazer e uso comunitário.

Importância para o turismo

O plano de alargamento da orla de Balneário Camboriú é discutido no município há anos. Em junho de 2017, o prefeito Fabrício Oliveira apresentou o projeto ao governador Raimundo Colombo e ressaltou que não se trata apenas de uma questão estética, mas também econômica. “É uma obra importante porque recupera e oferece à praia as condições necessárias para a manutenção do turismo”, declarou o prefeito em nota para o Portal Oficial da Prefeitura.

Segundo o último censo do IBGE, realizado em 2010, Balneário Camboriú conta com uma população fixa de 108.089 habitantes. Durante a alta temporada, de dezembro a março, a cidade chega a receber 1,5 milhão de pessoas (dado da Secretaria de Turismo de Santa Catarina).

Priorizando técnicas modernas de baixo impacto ambiental, o projeto de revitalização da orla de Balneário Camboriú promete solucionar problemas de infraestrutura e mobilidade urbana, principalmente nas épocas de maior movimento na cidade. A mudança irá trazer mais lazer e segurança para os moradores e visitantes, além de promover ainda mais o turismo na região.

Valorização dos Imóveis

Outro setor que será fortemente influenciado com a revitalização da Orla é a construção civil. Segundo corretores da Imobille Negócios Imobiliários, uma das principais imobiliárias em Balneário Camboriú,  os apartamentos de luxo a venda sofrerão uma valorização ainda maior, pois a cidade já está entre os metros quadrados mais caros do país. Tudo indica que os apartamentos na planta em Balneário Camboriú serão os que terão maior índice de valorização, fator que atrairá ainda mais investidores e futuros moradores para a cidade.

Com informações de Imobille

Comente Abaixo