Tudo é reflexo – Coluna Ácido Úrico Online

Os dias passam e na Dubai Tupiniquim nada mais é surpresa quando se trata de política. Cômico se não fosse trágico.

A política local é algo que precisa ter muito estômago para aguentar.

Farinha Pouca

Na luta do “farinha pouca, meu pirão primeiro”, vemos comissionados falando mal do governo de BC, mantendo-se mamando na teta e mostrando as “canjicas” para o prefeito. Boa parte dos faladores é de conhecimento do próprio governo, e nada acontece.

Blindagem

Como já falado em outras colunas, a blindagem com relação a realidade, continua nos altos da Dinamarca. Rodeado de puxas que impede que os problemas verdadeiros cheguem ao alcaide, continuam contando a historinha de Alice no país das maravilhas. Nesse caso, cidade.

Perdendo

Com essa história, quem acaba perdendo é o próprio prefeito. Perdendo credibilidade, perdendo parceiros, perdendo votos e perdendo o controle sobre o próprio governo. E no caso dos parceiros, quando começam a virar as costas, tem quem se ache no direito de fazer beicinho.

Não vale mentir

A frase “sempre estive ao lado” não confere com a realidade. Pode ser até que cole com quem não sabe da história, mas não funciona com quem viveu ela por completo. Parceiro honra a parceria e se mantém parceiro. O “tamo junto” é só uma expressão sem sentido quando não vem acompanhadas de atitudes.

Saia Justa

Por falar em atitudes, quem deixou o prefeito de BC em saia justa esta semana foi o presidente da Câmara. Ao fazer os convites para a sessão solene dos 55 anos da cidade, chamou para a mesa de honra o “ex tudo” Leonel Pavan. Leonel pai foi representado pelo Leonel filho. A situação ficou extremamente constrangedora e o prefeito nada a vontade. Afinal, Pavan pai e Pavan filho, tem se posicionado fortemente contra o atual governo e tecido duras críticas a gestão de Fabrício. E não adianta dizer que foi fulano ou ciclano, pois os convidados passam pelo crivo do presidente.

Claramente desconfortável e com cara de quem não estava nada contente com a situação, o prefeito falou algumas palavras e na primeira oportunidade vazou da Câmara, alegando outros compromissos.

Saias Justas

Não é de hoje que o presidente da “Casa do Povo” tem colocado o prefeito em saia justa. Para começar pela própria eleição para presidente da casa, onde Omar, mesmo tendo votos suficientes para se eleger, arquitetou com a oposição para ter a unanimidade dos votos e ainda nomeou pessoas indicadas pela oposição em cargos estratégicos. Depois disso, ainda manteve nomeado na comunicação da casa o “ex” dono do jornal que acertou em cheio o calcanhar de Fabrício nas eleições em 2016.

Negou

O presidente ainda negou pedidos simples do próprio prefeito, o principal articulador que o tornou chefe do legislativo. Negou por três vezes a vontade do líder. Isso até me lembra uma história da Bíblia. E agora mantém na comunicação uma outra pessoa que tem “batido” forte no governo com muita frequência.

Assistindo

O prefeito mantém-se assistindo tudo calado. Até nomeou esses dias uma pessoa que, embora seja do PSB, é diretamente ligada ao presidente do legislativo e ao deputado Ismael dos Santos. O atual coordenador, que já foi coordenador no ano passado, já foi chamado de “subprefeito” e “diretor” por um assessor do deputado Ismael. Fato este que em momento algum foi desmentido pelo moço. Muito pelo contrário, comentou a postagem e ainda agradeceu.

Fogo Amigo

Além de tudo, o prefeito ainda convive com o fogo amigo diário. Fogo amigo que é capaz de denunciar o próprio governo no MP, por “armadilhas” criadas pelo próprio pistoleiro. Mas não adianta falar. Aqui nesta coluna já foi falado várias vezes, alertado e o alcaide permanece assistindo.

Se merecem

Depois de 2 anos e 7 meses vendo tudo isso acontecer sem nenhuma atitude sendo tomada, me leva a crer que todos estes se merecem. É tipo “Síndrome de Estocolmo”, tu cria empatia pelo teu agressor e passa a alimentar uma relação com ele. Rasteiras daqui, sabotagens de lá, tudo permanece igual. Agradando os agressores e deixando os apoiadores escorrer pelos dedos.

E assim a vida segue, rumo a 2020.

Coluna Ácido Úrico – Por Gian Del Sent

Comente Abaixo