Vaquinha para pagar conta de luz de família com três crianças autistas

A dona de casa Cássia Carolina Albuquerque de Bairros, de 38 anos, é mãe de quatro filhos, e três deles sofrem transtorno do espectro do autismo (TEA). Lucas, de 14 anos, e Benjamin, de quatro anos, não falam e apresentam comportamentos estereotipados. Devido ao transtorno, necessitam de ajuda para higiene e alimentação. O outro irmão, Caio, de sete anos, possui mais autonomia, mas também precisa de ajuda para aprendizagem e comunicação.

Carol explica que o cuidado com os filhos demanda muito do seu tempo e atenção. “Não consigo sair de casa pra trabalhar fora. Eu fazia faculdade de psicologia na Univali, em Itajaí, com bolsa de 100%, mas tive que trancar novamente por conta de não estarem indo à escola ou à creche durante a pandemia”, comenta.

Vivem na casa de Carol seis pessoas.  A família precisa sobreviver com renda mensal de R$ 1600. A mãe comenta que no mês de março do ano passado, o INSS suspendeu o benefício do filho mais velho, e agora a única renda da família vem do salário de zelador do marido.

“Como pagamos aluguel, não conseguimos pagar a conta de luz.  O valor total das oito contas atrasadas soma R$ 2333,14. No início da pandemia eu tinha 10 faturas em aberto que passavam de  R$ 3000. Já conseguimos pagar seis, mas ainda restam quatro vencidas e mais uma que veio esse mês de janeiro. Nosso aluguel também está em atraso”, explica a mãe.

Com medo de ter o fornecimento de energia cortado, Carol resolveu fazer uma vaquinha online para pedir ajuda. Para realizar doações, basta acessar a vaquinha online através do seguinte link https://abacashi.com/p/3-autistas-e-d, ou então contatar pelo telefone (47) 99204-8106.