Vereador denuncia: Cedit de Camboriú em condições precárias e com alvará vencido

Não bastasse o coronavírus, a população tem que conviver com o vírus da incompetência, vejam o estado da sala de coleta de sangue do CEDIT (Centro de Diagnóstico e Tratamento) de Camboriú, inclusive o mesmo encontra-se com alvará vencido.

A denúncia foi feita pelo Vereador John Lenon Teodoro, onde em fiscalização nesta quinta-feira, 18, a pedido da comunidade, foi ao CEDIT e se deparou com as condições precárias do local, onde verificou que o local já não possui mais condições sanitárias para atender os pacientes que precisam desta unidade para diagnóstico e tratamento, a situação se agrava ainda mais por conta da pandemia, inclusive o Alvará do local está vencido.

“Não há ventilação apropriada no local e nem espaço suficiente para a execução de todos os serviços que precisam ser oferecidos aos pacientes, inclusive tem salas de atendimento que não possuem janelas para ventilação. Um paciente me relatou que já teve pessoas que foram atendidas na rua, por falta de espaço, e que em dias de atendimento médico, por ambiente ser pequeno, há aglomerações de pessoas, colocando em risco as pessoas que estão em tratamento. Não há sala para arquivo das fichas dos pacientes e a sala de que armazena a medicação está em desacordo com as normas técnicas, não há uma cozinha para os funcionários, armários com cupins, infelizmente, tudo ali está improvisado”, declarou o Vereador.

O vereador relata que já repassou as informações à Secretária de Saúde, Elizama, que está providenciando o alvará, e quanto a mudança de local de atendimento somente acontecerá quando o CERFIS se mudar para a antiga unidade de Saúde do Areias, porém, o CERFIS também está em condições precárias.

A denúncia à Vigilância Sanitária do Estado já foi feita pelo Vereador, que deverá notificar o Município para tomar as devidas providências, a fim de garantir um melhor atendimento para a população e resolver esse grave problema.

Assessoria Vereador John Lenon
Camboriú