Vereador e fiscal são presos durante operação do Gaeco em Joinville

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) de Santa Catarina, liderado pelo promotor Assis Maciel Kretzer, deflagrou uma operação na manhã desta terça-feira para prender sete pessoas suspeitas de praticar crimes contra a administração pública em Joinville.

Um fiscal da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), o vereador João Carlos Gonçalves (PMDB) e o ex-vereador Juarez Pereira (Solidariedade) estão entre os detidos.

O Gaeco tem equipes neste momento na Sema e na Câmara de Vereadores. O fiscal foi detido por volta das 6 horas da manhã, em casa, e levado para o setor de fiscalização, onde está prestando informações.

O vereador do PMDB está em seu gabinete, na Câmara, também sendo ouvido pelos policiais.

As equipes do grupo também estão apreendendo documentos que podem servir de provas.

No meio da manhã, a Prefeitura de Joinville emitiu uma nota em que afirma que recebeu denúncias contra um fiscal, as levou à Polícia Civil e tem acompanhado as investigações.

Os funcionários do setor de Fiscalização da Sema estão impedidos de ter acesso as salas e terão de esperar pelo fim da diligência do lado de fora do prédio.

O Gaeco deve dar mais detalhes da operação para a imprensa às 15 horas.


Vereador João Carlos Gonçalves foi detido na manhã desta terça-feira

(Por A Notícia)

Comente Abaixo