Vereador encaminha ao Ministério Público relatório sobre a falta de professores em Camboriú

Promotor Luis Felipe de Oliveira Czesnat (esq) da 2ª Procuradoria de Justiça do MPSC de Camboriú

Nesta quarta-feira (17), o vereador de Camboriú, John Lenon Teodoro (Podemos), acompanhado do Dr. Rafael Moraes estiveram em reunião com o promotor de justiça, Dr. Luis Felipe de Oliveira Czesnat, o parlamentar recorreu ao Ministério Público para relatar a falta de professores e demais profissionais da educação na Rede Municipal.

Segundo o parlamentar ele tem recebido centenas de reclamações dos pais e alunos das unidades de ensino, e que em fiscalização tanto nas escolas como nos centros de educação infantil constatou em praticamente quase todas as unidades de ensino a falta de professores, monitores de inclusão, merendeiras e serventes.

“A falta de profissionais na educação provoca um grande prejuízo pedagógico no processo de ensino e aprendizagem dos alunos, além de gerar inúmeros transtornos para as unidades de ensino e a todos os envolvidos. Sendo a educação um direito constitucional levei ao conhecimento do Ministério Público a grave situação de Camboriú”, relata o vereador John Lenon Teodoro.

Ainda, segundo o vereador, o representante do Ministério Público recebeu o ofício contendo as reivindicações da comunidade, que devem contribuir com o processo proposto pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Camboriú que trata sobre este tema.

Publicidade