Vereadores de situação negam requerimento sobre enfermeira que errou na vacinação em Camboriú

Os sete vereadores da bancada da situação do governo na Câmara de Vereadores de Camboriú votaram contra o requerimento 0047/2021 de Márcio Pereira (PSDB). O vereador da oposição pedia informações sobre o contrato da profissional de saúde que cometeu um erro ao aplicar a vacina contra covid-19 em uma idosa, no começo do mês.

A atitude dos vereadores “blinda” o governo e negam o direito de acesso a informação por parte do Legislativo Municipal. Há comentários nos corredores, que a mulher que aplicava vacinas sequer é funcionária do município.

Questão essa que poderia ser facilmente esclarecida, se os vereadores da situação entendessem o papel e o direito dos legisladores. Entre fazer o certo e proteger o governo, optaram pelo mais imoral possível.

Votaram contra o requerimento:
Xexa (MDB)
Mito (MDB)
Andreia (MDB)
Claudinei Loos (MDB)
Ewerson Umbelino (PL)
Josué Pereira (MDB)
Marlon Borsatto (Cidadania)

Votaram a favor:
Márcio Pereira (PSDB)
Zé Branco (PSDB)
John Lenon (Podemos)
Milton Antonio (PSDB)
Vilson Albino (PSD)
Dado (Podemos)

A vereadora Inalda do Carmo (DEM) se absteve da votação.

Relembre o caso

No começo de abril, circulou pelas redes sociais o vídeo de uma enfermeira de Camboriú que comete um erro na hora da aplicação da vacina contra covid-19. A ocasião foi gravada pelo neto que levava a avó para receber a dose do imunizante no drive-thru da Policlínica.

Depois de inserir a agulha no braço da idosa, a enfermeira a retira sem pressionar a seringa para injetar a vacina. Quando a enfermeira vai manusear a seringa para mostrar ao neto que a dose foi aplicada, ela se dá conta de que não fez a aplicação. Rapidamente, a profissional pede desculpas e refaz a aplicação, dessa vez corretamente.

A profissional seria uma estagiária e foi afastada da função.

 

Com informações de Linha Popular