Vigilância Ambiental intensifica ações em combate ao Aedes Aegypti

Desde fevereiro, os agentes de combate às endemias iniciaram uma intensificação para combater o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Para isso, utilizaram a pulverização de inseticida, conhecida como “fumacê”, em algumas áreas do município.

Quando o caso de dengue é confirmado, os agentes de combate às endemias são encaminhados até a região onde a propriedade está localizada, no início da manhã ou fim da tarde, e aplicam o veneno, que elimina apenas os mosquitos adultos, preferencialmente as fêmeas, que são as transmissoras da doença. “O melhor método de evitar o Aedes Aegypti é eliminando os criadouros do mosquito, não adianta utilizar o inseticida e a população não fazer a sua parte para combater a dengue”, afirma a diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes.

Balneário Camboriú, até o momento, possui seis casos autóctones de dengue confirmados. Preste atenção em algumas dicas:

– Coloque areia nos pratos ou deixem sem pratos;
– Piscinas devem ser mantidas limpas o ano todo;
– Telar os ralos;
– Recolher e acondicionar o lixo em local coberto;
– Cisternas e reservatórios devem ser mantidos fechados.

Comente Abaixo