Vítima encontrada morta na Associação de Servidores de Camboriú é identificada

A vítima de homicídio, em que o corpo foi encontrado na sede da Associação de Servidores de Camboriú, foi identificada. O homem, de 39 anos, foi encontrado morto com marcas de pedradas na cabeça.

No final da tarde da última segunda-feira (20) o professor de inglês Raimund Esser, conhecido por Ray, de 39 anos de idade, foi encontrado morto na Associação do Sindicato dos Servidores de Camboriú.

Segundo informações da PM, o professor foi morto a pedradas. O local é uma obra inacabada da prefeitura de Camboriú e frequentado por moradores em situação de rua e usuários de drogas.

Ray Esser chegou a atuar como professor de Inglês em escolas do Alto Vale do Itajaí e morava atualmente em Blumenau. Como ele era natural de Aurora, seu corpo foi transladado e sepultado na manha desta quarta feira (22) no cemitério municipal.

 

Publicidade