Volnei Morastoni anuncia mais cinco nomes para seu secretariado

O prefeito eleito de Itajaí, Volnei Morastoni, anunciou mais cinco nomes que irão compor o seu secretariado em 2017
Procuradoria Geral, Administração, Agricultura, Fundação Cultural e Turismo foram as pastas anunciadas por Volnei.
Dois deles irão acumular cargos, como é o caso da Fundação Cultural que terá o mesmo chefe da Fundação Genésio Miranda Lins (Museu e Arquivo Histórico) bem como a Procuradoria Geral do Município que será comandada pelo mesmo nome que a procuradoria do Porto.
Segue os nomes:

Vilson Sandrini Filho
Secretaria de Administração

Silvia Wanderlinde Benvenutti
Procuradoria Geral e Procuradoria do Porto

César Reinhardt
Secretaria de Agricultura

Evandro Neiva
Secretaria de Turismo

Normélio Weber
Fundação Cultural e Fundação Genésio Lins

A princípio os nomes da Procuradoria, Administração e Agricultura, tiveram critérios bem técnicos, visto a formação e experiência de cada um deles.
Já turismo e cultura tem levantado questionamentos entre as pessoas, tendo em vista algumas contradições e polêmicas envolvendo os nomes.

Evandro Neiva tem experiencia com comunicação e comercial, estando a frente de Rádios como Jovem Pan e Mix FM, no comercial de Clubes como Green Valley e participou ativamente no extinto e saudoso Baturité. Dois segmentos bem diferente do cargo em que foi alocado, visto que Itajaí não é la muito forte no segmento noturno e a galera prefere um bom pagode.
Embora Turismo precise de comunicação e comércio, o contrário não se aplica.

Normélio Weber dispensa comentário pois, mesmo com sua vasta experiência com Cultura, seu currículo tem grandes manchas  incluindo prisão, investigação e processos envolvendo lavagem, estelionato e fraude. Sem contar as polêmicas pesquisas eleitorais que o tornaram alvo de críticas no último pleito eleitoral de 2016.
Pesquisas que, de fato, tendenciavam a favor de dois jornais da região, bem como, o nome de Leonel Pavan. De fato, pois diferente do que anunciavam as pesquisas feitas pelo instituto de Normélio, a derrota por mais de 9 mil votos atrás de Fabrício Oliveira, mostra Pavan não tinha tanta vantagem assim.

Esperar para ver.

Comente Abaixo