A rede da difamação; A história se repete em Balneário Camboriú

“Essa será a eleição mais suja da história de Balneário Camboriú”. Essa foi a declaração do ex-prefeito e pré candidato a prefeito de Balneário Camboriú, Edson Renato Dias, o Piriquito, ao se referir as “fake news” e publicações difamando políticos da cidade.

Piriquito está certo, a começar pelo seu próprio grupo político, que foi desmascarado nos últimos dias ao ser descoberto a autoria e a administração de uma página no Facebook e um perfil no Instagram, através de uma ação aberta pelo Podemos de Balneário Camboriú. As páginas usavam do anonimato para atacar a atual administração e ao prefeito da cidade.

Confira: Edson Piriquito rebate acusações do processo movido pelo Podemos

O Portal Visse teve acesso ao processo e traz com exclusividade todo o desenrolar da história.

A historia se repete. Nas eleições de 2016, uma página que caluniava o então candidato e atual prefeito, era administrada pelo então assessor de Piriquito, Arthur Miranda. O caso foi revelado em uma coletiva de imprensa. De acordo com informações recebidas pelo Portal Visse, existem mais 7 páginas que trabalham em conjunto com a mesma intenção.

Uma coletiva realizada pelo Podemos está acontecendo na manhã de hoje, as 9:30, no Hotel Geranium. O Portal Visse não havia sido convidado até a noite de ontem. E após a manifestação do jornalista Gian Del Sent em uma conversa informal, foi convidado de última hora. E por isso não comparecemos a coletiva. 

Quebra de sigilo

A página no Facebook “Novas Ideias Mil Grau” e o perfil no Instagram @deolhobc, tiveram seus sigilos quebrados pela Justiça Eleitoral em uma ação aberta pelo Podemos de Balneário Camboriú, partido do atual prefeito, iniciada em abril desde ano. A ação foi protocolada após publicações com algumas “fake news” e postagens difamando tanto o prefeito quanto a administração municipal, na página e no perfil.

O que se constatou é que tanto a página no Facebook quanto o perfil no Instagram, são administrados por pessoas ligadas diretamente a Piriquito e ao MDB da cidade. Inclusive por ex diretores do governo ERD e pelo genro do Sr. Plinio Cesar dos Santos, tio de Piriquito.

Novas Ideias Mil Grau

A página satirizando o tema de campanha do atual prefeito, foi criada em junho de 2019 e traz postagens, montagens e muitas distorções de fatos para tentar descredibilizar a administração municipal, é administrada por 3 pessoas. Todos ligados ao grupo político de Piriquito.
O criador e administrador da página, Rafael Amâncio, ex-diretor geral do Turismo no Governo Piriquito. Rafael é responsável pela empresa de marketing na cidade e ex-filiado ao MDB de Balneário Camboriú e atualmente no PSB. (informação atualizada as 10:47)


Outro administrador desta página é Osvaldo Garcia Neto, o Kako Garcia, ex-diretor de paisagismo do município e coordenador de rua das campanhas de Piriquito em eleições. Kako é empresário e, espantosamente, filiado ao Podemos de Camboriú. Podemos é o partido do vice-prefeito de Camboriú, Ramon Jacob, apoiador do governo de Balneário Camboriú.

O terceiro administrador da página “Novas Ideias Mil Grau” é Jefferson Rodrigo Kalinowski, casado com a filha do Sr. Plínio Cesar dos Santos, tio de Piriquito. Jefferson é filiado ao MDB de Balneário Camboriú desde 2013 e chegou a ser nomeado com Coordenador de Comunicação Social, em Novembro de 2016, ficando pouco mais de um mês no cargo.

 

@deolhobc

A página que diz que o foco é a população e se auto intitula jornalistica, chegou a ter um número de telefone no grupo da Assessoria de Imprensa da Prefeitura. Com postagens ácidas e algumas vezes difamatórias, ela também foi alvo do processo movido pelo Podemos de Balneário Camboriú.

O perfil teve seu IP revelado pelo Facebook/Instagram através da ação judicial e a operadora teve que fornecer o nome do responsável pela conexão.

O responsável pelo perfil é Felipe Albertini Costa, empresário e que inclusive já trabalhou em campanhas políticas para o atual prefeito. Ele era filiado no PSDB de Balneário Camboriú desde 2006 e passou a fazer parte do MDB da cidade em março deste ano.

“Essa será a eleição mais suja da história de Balneário Camboriú”

Disso, Piriquito entende bem.