Curiosidades da semana na política regional

Seguindo a segunda semana de fevereiro (Sim, estamos no carnaval), muitos acontecimentos merecem destaque e trago aqui nas minhas linhas que a cada dia que passa se torna mais odiada.

Como já falei para uma amiga em uma conversa sobre política: Se não for pra incomodar eu nem saio da cama. 

Agro Boy 

No maior estilo Barretos, o prefeito de Camboriú Elcio Kuhnen resolveu largar o GM Cruze de lado e comprar uma pomposa S10 cabine dupla, automática, 4×4 e cheia dos penduricalhos. Tem até Wifi. A baita camionete vai servir ao gabinete do prefeito em suas viagens. Dizem as más línguas que a cidade tem tanto buraco que o prefeito precisou comprar uma 4×4 para ir se desculpar aos munícipes do interior.

187 mil 

O novo brinquedinho de Elcio custou a bagatela de 187 mil Bolsonaros. No taco. Sei que esse é o valor de mercado da versão intermediária da pick-up, mas acho que não seria o momento né? Podem falar o que quiser da Luzia, mas ela usava carro particular e em 2012 comprou o Cruze. A Blazer preta comprada pelo Edinho em 2008, foi da Cultura e roda até hoje no Demutran. A outra Blazer 2004 prata, herdada de Rolinha (placa MDB), rodou até ficar a capa da gaita e ir a leilão.

Cuidado? 

Enquanto o governo de Camboriú ganha carro de cá e compra camionete de lá, a Strada doada pela Receita Federal em 2018, segue sem ser transferida para o Município. Carros com pequena monta, que poderiam ter sido consertados, com menos de 5 anos de uso, estão indo a leilão como sucata.

Leilão

Por falar em leilão, a prefeitura de Camboriú segue desrespeitando a Lei da Transparência. Em Camboriú, a lei é para bonito. Eles preferem ser chamados de desonestos do que cumprir com a função deles de prestar informações para jornalistas e para a população. Até o MP espera por questionamentos. Fazem 5 meses que fiz uma solicitação sobre um leilão na ouvidoria de Camboriú e até hoje nem abriram a minha demanda. Mas isso vou fazer uma matéria, tem bem mais absurdos.

Não vai não 

Os vereadores negaram a solicitação de Nilson Probst para que a secretária de educação de Balneário fosse explicar sobre as obras do Dona Lili e sobre a volta as aulas na cidade. O requerimento foi negado e causou um randevu na Câmara. Juliana Pavan deu sermão nos vereadores.

Óbvio 

Era esperado que o prefeito não deixaria a secretária de Educação ir na Câmara. Ele sabe bem quem ele nomeou e sabe que ela não tem capacidade de enfrentar a sabatina. Marilene não aguentaria a sarrafada e o seu jeitinho “class baby” de falar não funcionaria com os raivosos vereadores de oposição. Iria ser um show de horrores e o governo estaria no limbo.

Turismo

O site do Turismo voltou para o ar. Alguém arrumou 40 pila para pagar o registro de domínio. Recebi ligação com longa explicação que piorou mais ainda a situação. Ao ver os orçamentos, fiquei mais abismado ainda com a petulância de uma empresa cobrar 96 mil reais por ano numa hospedagem. Mesmo assim, 900 reais por mês continua caro. Entenda melhor nesse link.

Beline tá ON

Quem volta ao serviço público é o grande Beline Demonti. Fico feliz pelo amigo e sei que por onde ele for, vai fazer um bom trabalho. Beline tem muito ainda para contribuir com a cidade. Para alguns apoiadores do governo, vai ser um grande TAPA NA CARA.

TAPA

Enquanto a “autoridade nomeante” segue articulando e trazendo antigos algozes, deixa no vácuo muitos que esperam a alocação em algum setor, vereadores que esperam a nomeação de suas indicações e outros estão nas redes sociais se matando para defender o governo sem ter o que por na mesa pra comer, na esperança de conseguir um emprego. Normal, como sempre.

Carta do Leitor 

Ao leitor “Observador da Sociedade”, recebi a correspondência, verifiquei as informações e de fato procedem todos os dados. Fui atrás e descobri que o buraco é um pouco mais embaixo. A “fonte” do problema não é exatamente onde se imaginava e muita gente inocente poderia ser prejudicada. Processo administrativo será instaurado e o certame será todo cancelado, revisado e lançado novamente. Assumido o compromisso. Eu vou cobrar.


 

Curiosidades da semana na política regional
Coluna Ácido Úrico – Por Gian Del Sent