FME Camboriú: Cadê a Doblô que estava aqui?

Já faz uma semana que a Doblô da FME de Camboriú se escafedeu do pátio do Estádio Municipal e ninguém faz nem ideia de onde está. Veículo foi adquirido pela prefeitura em 2014.

No início não notaram a falta, depois acharam que um funcionário tinha pego, até que se deram conta que o veículo foi roubado. E pior, agora ninguém sabe nem ao certo quando exatamente a Fiat Doblô foi roubada.

A cereja do bolo está no fato de que nem mesmo um BO havia sido registrado até hoje e o superintendente da FME, Altair Kadiz, estava fazendo cara de paisagem esperando a bendita aparecer. Dizem que o prefeito Elcio Jaleco Kuhnen estava dando mortal pra trás de tão maluco com a situação.

Pensa num povo caprichoso e com controle de frota esse da prefeitura de Camboriú. Pensa na dedicação e na atenção do secretário de esportes da cidade.

E caso alguém queira saber, a famosa Strada, doada pela Receita Federal, ainda não foi transferida para o nome da Prefeitura de Camboriú e ela segue apodrecendo parada no pátio. Ah… O ônibus, também doado pela receita, continua com o licenciamento 2019 e 2020 atrasados.

Conselho: Antes de fazer carnaval com a aquisição de novos veículos, preocupem-se em cuidar do que já tem. É fácil comprar novo com dinheiro da população, difícil é manter o que ainda está funcionando.

 


FME Camboriú: Cadê a Doblô que estava aqui?
Coluna Ácido Úrico – Por Gian Del Sent