Loucura!! FG quer construir “Pombal de Luxo” na Atlântica – Coluna Ácido Úrico

Os imóveis de luxo da FG se misturou com a venda varejo para o povão da Havan e resolveram criar verdadeiras “kitinetes” de frente para o mar em Balneário Camboriú.

Primeiro com um papo de “apart hotel” mas com uma mídia de “residence”, a FG juntamente com a Havan manifestaram a vontade de construir um prédio de 100 andares na apertada Barra Sul, com nada mais nada menos que 1001 acomodações.

De acordo com o material publicitário, são 13 unidades por andar. Sim, um legítimo pombal num dos m2 mais caros do Brasil, com maioria das unidades que tem apenas uma cama e um banheiro. Veja o projeto de pombal abaixo.

Será que vão conveniar com o “Minha Casa Minha Vida” para vender os “apertamentos” de aproximadamente 30m2? O papo de “apart hotel” é porque pretendem autorizar sob a lei que visa regulamentar a construção de hotéis na cidade? Porque o material que roda por ai leva o nome de “The Tower Residence” ??

Tudo leva a crer que os espertões da FG pretendem fazer o que construtoras estavam tentando fazer em Itapema e foi denunciado pelo portal Visse em uma matéria publicada no ano passado. (Construtoras burlam a lei para vender flats em Itapema). Um ótimo negócio, apenas para quem vai vender, pois o impacto em trânsito, água, esgoto, mobilidade e afins, ficam nas costas do município.

Se for realmente isso, a FG aprovaria a construção como se fosse um hotel e depois vendem as unidades como “multi propriedade”. Por exemplo: A pessoa compra uma “cota” do apartamento para usar 1 vez por semana ao ano. Como o ano tem 52 semanas, é possível vender 52 cotas de cada apartamento. Ou seja, cada unidade do “apart hotel” vai ter 52 donos. Levando em consideração as 1001 unidades, seria a pequena bagatela de 52.052 proprietários no empreendimento da FG x Havan. Já pensaram numa desgraça dessa?

O caso acima é uma suposição (com requintes de realidade), mas de qualquer maneira é uma grande idiotice aprovar uma loucura dessas no pequeno espaço que hoje é o estacionamento do Unipraias. Aprovar isso, seria como criar um “Pombal de Luxo” na Av Atlântica. Sem contar que a estrutura da Barra Sul não comportaria algo tão grande, que em um dia de lotação máxima teria, no mínimo, 2 mil pessoas no mesmo prédio.

Vale lembrar que a legislação municipal sequer permite que unidades desse tamanho seja comercializada na cidade, justamente para preservar a qualidade dos preços dos imóveis no município. Até mesmo apartamentos populares, financiados pelo governo, são maiores que os propostos pela FG no empreendimento anunciado.

Uma reunião do conselho da cidade, que não se reúne desde fevereiro, estava marcada para o dia 30, somente para discutir esse projeto, mas foi cancelada e adiada para dezembro. Será que o Chico e o Luciano Hang estão com esse poder todo na prefeitura?

Esperamos que o poder público tenha o bom senso de sequer cogitar a possibilidade de aceitar uma balbúrdia dessa.

 

Loucura!! FG quer construir “Pombal de Luxo” na Atlântica – Coluna Ácido Úrico
Por Gian Del Sent