Mais uma baixa em massa no PDT de Balneário Camboriú

O PDT de Balneário Camboriú sofreu mais uma baixa em massa, desta vez um número muito maior da registrada esses dias quando um grupo de 9 pessoas pediram desfiliação do partido.

Desta vez, um grupo de 18 pessoas assinaram uma carta em conjunto, pedindo a desfiliação. A carta tem como título “Por um mundo coletivo, democrático e de respeito as pessoas” e narra o descontentamento do grupo com as decisões monocráticas e postura tomada pela presidência do PDT da cidade. Com este grupo, chega a quase 30 o número de desfiliados em um curto espaço de tempo.

Desfiliações

Entre as pessoas que pedem a desfiliação, estão 4 ex-presidentes do PDT mulher, entre elas, Ketlin da Rosa Talevi, secretária geral do partido e cunhada do atual presidente.

Nesta toada, o partido perdeu vários filiados que concorreram nas eleições de 2020 e foram responsáveis por pelo menos 30% dos votos, que garantiram uma segunda vaga no legislativo.

Além do desrespeito da atual direção com um trabalho que vem sendo construído desde 2016 com diversos segmentos da sociedade e a representação de minorias dentro deste trabalho, a carta fala das reuniões a portas fechadas de um pequeno grupo, sem chamar os demais membros para a tomada de decisões.

A carta ainda avalia a saída do PDT da base do governo Fabrício Oliveira, como “mesquinha”, ao levar em consideração apenas a negativa do chefe do executivo em aceitar as indicações do partido para compor o seu secretariado e não assuntos realmente importantes para um partido tido como democrático.

“Novamente em 2021 o diretório foi chamado, com a decisão encaminhada para a saída do governo atual. No encontro uma hipótese que viria se confirmar dias depois, tendo na pauta real o fato de o atual prefeito não aceitar uma indicação política para composição de seu secretariado. Haveriam sim, inúmeros outros motivos mais justos para a saída, a incompatibilidade de bandeira partidárias com o Governo Atual…”, explica a carta.

Confira o texto na íntegra:

Clique para acessar o CCF_000026-compactado-1.pdf