Reviravolta: Filho confessa ter matado o pai e o acusado de pedofilia

R.L.P., de 19 anos, foi preso nesta quarta-feira (29) pela Polícia Militar de Porto Belo. Ele é acusado de ter matado o pai, S.L.P., 56 anos, na terça-feira (28), em Tijucas.

Ele estava sob o efeito de drogas, bêbado e com uma grande quantia em dinheiro

A vítima foi encontrada por um vizinho com uma sacola na cabeça e com as calças abaixadas. Na geladeira, o criminoso deixou escrito: “pedófilo é forca”.

Pelo recado, R. acusa o pai de abusos sexuais, mas não soube explicar para a polícia quem seriam essas vítimas.

Preso sob efeito de drogas

Um policial militar de folga acionou a PM após ver um VW SpaceFox fazer manobras perigosas no estacionamento do Hakko Clube. Quando a viatura chegou, encontrou R. dirigindo o carro sob efeito de cocaína.

Em revista no carro, os policiais encontraram uma mochila com R$ 23.792 em espécie, uma grama de cocaína, três buchas esfareladas e duas facas. Os policiais já estavam cientes do homicídio na noite anterior e sabiam que R. era suspeito de ter cometido o crime.

Durante a abordagem, ele confessou que matou o pai com uma facada no abdômen e o enforcou. Inclusive, uma das facas encontradas no carro teria sido usada no crime. Sobre a quantia do dinheiro ele não quis dar explicações.

O acusado passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú e foi levado para a delegacia de Tijucas.

Fonte: Linha Popular