Veja as belas imagens da primeira Superlua de 2021

Superlua é observada em Cascavel, Paraná, na noite desta segunda-feira (26) — Foto: Julio Szymanski/Estadão Conteúdo

A noite desta segunda-feira (26) é da primeira Superlua de 2021. Os seguidores da MetSul nas redes sociais fizeram belas fotografias do evento astronômico, e o site montou uma compilação das melhores imagens.

Caso do fotógrafo Francisco Lisboa, em Barra de Ibiraquera (SC), que fez uma série de registros da Lua no começo da noite na costa catarinense.

Superlua em Barra de Ibiraquera | Francisco Lisboa

Barra de Ibiraquera | Francisco Lisboa

Barra de Ibiraquera | Francisco Lisboa

Barra de Ibiraquera | Francisco Lisboa

Em outras regiões, os seguidores da MetSul também fizeram imagens da Superlua nesta noite de segunda-feira. 

Livramento | Fabian Ribeiro

Livramento | Marcelo Pinto

Superlua em Livramento | Anderson Alves

Vacaria | Glaucio Zingalli

Novo Hamburgo | Daniel Fleck

O QUE É A SUPERLUA?

As Superluas se dão porque a órbita da Lua ao redor da Terra, não é circular, mas levemente elíptica. 

Com efeito, a distância entre a Terra e a Lua muda durante o mês. No ponto mais próximo (perigeu), ela fica a aproximadamente 362 mil quilômetros de distância ao passo que no ponto mais distante (apogeu) a distância chega a 405 mil quilômetros.

As datas dos chamados apogeu e do perigeu não são de acordo  com as fases da Lua e apenas ocasionalmente coincidem com a Lua Cheia.  Assim, as superluas aparecem quando a Lua está cheia e se encontra no perigeu.

O ápice desta Superlua de abril será à 0h33 desta terça. Agora, na prática, é praticamente impossível para o olho humano diferenciar uma Lua cheia normal do restante do ano de uma Superlua. 

Aliás, os astrônomos sequer gostam de usar este termo Superlua e preferem falar na expressão técnica perigeu. O termo que se popularizou nas redes sociais e nos noticiários de imprensa.

LUA ROSA?

Este evento de abril é conhecido como Superlua Rosa, mas calma. A Lua não vai ficar rosa? Por que, então, o nome. Ela tem este nome porque acompanha a primavera no hemisfério Norte, época de florescimento das flores. Aqui, por óbvio, é outono e estamos na estação das folhas. 

A próxima ocorrerá em 26 de maio. O satélite natural deve parecer maior e mais brilhante do que a desta noite.