Após discussão, grávida de 28 anos é morta pelo marido

Uma mulher de apenas 28 anos foi assassinada pelo seu próprio marido na noite deste domingo (05). Ao ser abordado por policiais do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) ele contou que ela estava grávida de três meses.

A ocorrência foi registrada por volta das 18h40 deste domingo, quando guarnições foram mobilizadas após denúncias anônimas de um possível homicídio na rua Neco Soezia, em Jaraguá do Sul.



A mulher de 28 anos, identificada como Andreia Campos Araujo, estava enrolada num cobertor dentro do carro do suspeito. O seu marido, M.K, de 38 anos, disse que durante uma briga ela teria caído e batido a cabeça no chão.

No boletim de ocorrência da PM consta que, segundo relato do próprio autor, na noite anterior ele estava numa festa com a esposa e depois de uma discussão, teria ido para casa sozinho. Por volta das três da manhã, a esposa teria chegado embriagada em casa, e o casal discutiu novamente.

O homem disse que a esposa teria lhe agredido com socos, e após apanhar uma faca disse que iria matá-lo, supostamente lhe atingindo com um golpe no braço. Disse que num momento de desespero, para se defender, desferiu um soco na vítima que caiu, batendo a cabeça no chão. “deu alguns suspiros e morreu”, relata.

O autor contou ainda que por volta das 14 horas de domingo (5), colocou o corpo da vítima no carro e foi até a cidade de Canoinhas, sem saber o que fazer, voltou para casa com o corpo.

O IGP irá esclarecer as circunstâncias do homicídio. Segundo a Polícia Militar, o autor tem passagens criminais por vias de fato, ameaça contra a mulher e violência doméstica.

Jornal Razão

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com