Balneário Camboriú recebe Prêmio Nacional de Direitos Humanos

Um projeto Intergeracional com foco nas minorias, desenvolvido pela Prefeitura de Balneário Camboriú, por meio da Secretaria da Pessoa Idosa, foi reconhecido entre as 50 melhores práticas no país na temática valorização dos direitos humanos, em evento que contou com a presença do Ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha e do presidente da República em exercício, Rodrigo Maia, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (21). O prefeito, Fabricio Oliveira, recebeu o título “Prêmio Direitos Humanos”, destinado a projetos que apresentaram ações e práticas inovadoras no tema. A homenagem foi prestigiada pelos mais altos escalões da esfera Federal e Judiciária do Brasil, que também tiveram representantes agraciados com a premiação.

O prêmio contemplou 50 personalidades e entidades do país que desenvolveram projetos com atuação expressiva na defesa dos Direitos Humanos. O título elevou a Secretaria da Pessoa Idosa a ser a única pasta municipal, no país, a obter esse reconhecimento em 2018. A premiação foi entregue pelo Ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha e pelo presidente da República em exercício, Rodrigo Maia. “É uma honra ser reconhecido em meio a projetos tão relevantes e de entidades e personalidades tão importantes quanto o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o ministro-presidente do Superior Tribunal Federal, José Antônio Dias Toffoli entre outros”, salientou o prefeito.



A secretária de Inclusão Social e Desenvolvimento, Christina Barichello, que acumula a gestão da Secretaria da Pessoa Idosa, esteve presente na cerimônia e destacou que a premiação serve de incentivo para a equipe em desenvolver mais projetos que promovam a qualidade de vida. “Esse é o resultado do trabalho de uma equipe que se dedica a estudar todas as possibilidades para ampliar o bem-estar das pessoas, por meio da inclusão e da reinserção social”, destacou a secretária.

O reconhecimento às práticas voltadas aos idosos não param por aí. No dia 26 de novembro, a cidade receberá o Selo Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. O programa, que é desenvolvido pelo Ministério de Direitos Humanos, Ministério do Desenvolvimento Social e Secretaria Nacional do Idoso, certifica cidades que investem em ações para a população idosa. Já no dia 29 de novembro, a cidade será premiada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Ministério da Saúde por ter uma das “Melhores Experiências com Idosos do Brasil”. O reconhecimento veio através do Programa ABRAÇO de Proteção ao Idoso, criado em abril de 2017. Apenas 14 experiências foram premiadas no país. Em janeiro desse ano, o Programa Abraço foi reconhecido pelo Fórum Mundial Social como modelo de programa de proteção ao idoso.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.