Comércio poderá funcionar dia 1º de maio em Camboriú

A abertura do comércio de rua em Camboriú no Dia do Trabalho, celebrado no dia 1º de maio, será facultativa, conforme decisão prevista em acordo coletivo entre o Sindicato do Comércio Varejista e Atacadistas de Balneário Camboriú e Camboriú (Sindilojas) e Sindicato dos Empregados no Comércio.

A cláusula da convenção coletiva que regulamenta o trabalho em feriados estabelece que em razão de evento religioso de grande vulto que ocorre anualmente na cidade de Camboriú, coincidindo com o feriado de 1º de maio, fica autorizado o funcionamento do comércio lojista central.



Neste sentido, segundo a entidade, o comércio no início do mês de maio é bastante intenso, indo desde o consumo em lojas comerciais, combustíveis, restaurantes, supermercados, hotéis e bares. A autorização não beneficia o comércio relacionado a supermercados, material de construção, ferragens, móveis e eletrodomésticos, que estão proibidos de funcionar no dia 1º de maio.

O presidente do Sindilojas, empresário Hélio Dagnoni, esclarece que a autorização para a data tem o objetivo de estimular as vendas do comércio do município. Em Balneário Camboriú, cidade vizinha a Camboriú, no entanto, o comércio, que tem horário diferenciado de atendimento o ano inteiro, não poderá abrir as portas nesta data. A medida consta na mesma convenção coletiva.

O presidente do Sindilojas alerta para a importância dos empresários de Balneário Camboriú observem as determinações do acordo coletivo para não serem multados

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com