Curso de primeiros socorros do SAMU auxilia no salvamento de criança afogada

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), através da Secretária de Saúde de Balneário Camboriú, está realizando um curso preparatório de primeiros socorros para situações de urgência e emergência que irá instruir servidores municipais. O projeto, intitulado “SAMU na Rede” começou em fevereiro, na Secretaria de Segurança. Foram esses ensinamentos que ajudaram o guarda municipal, Telmo João Ricardo Cardoso no salvamento da criança de dois anos que estava se afogando em uma piscina em Governador Celso Ramos. “O curso foi fundamental nesse salvamento pois justamente a massagem cardíaca que aprendi, e a verificação dos sinais vitais me ajudaram a fazer o procedimento correto”, contou Cardoso.

O curso “SAMU na Rede” engloba práticas de primeiros socorros em atendimentos de urgência, como identificação de paciente inconsciente, manobras de massagem cardíaca, engasgamento ou afogamento, crises convulsivas, fraturas, ferimentos, contenção de hemorragias, surtos psicóticos e contenção mecânica, trabalhando também com acidentes de trânsito, sinalização, auxílio no atendimento e como requisitar apoio.



A ideia do projeto é melhorar toda a rede de servidores públicos para que em qualquer lugar e situação, alguém esteja apto a ajudar em uma situação de emergência da maneira correta até a chegada do atendimento. “A primeira secretaria a receber o treinamento foi a de segurança, já que os guardas e agentes são a linha de frente, estão em contato direto com emergências. As próximas secretarias serão a de Saúde e de Educação, porém qualquer secretaria pode requisitar o treinamento entrando em contato com a Secretaria de Saúde”, diz o coordenador do SAMU Municipal, Fabiano do Prado Bueno.

Segundo o coordenador de instruções da secretaria de segurança Adriano Ramílio, os agentes de segurança possuem a obrigação de participar de 80 horas de treinamento todo ano. Este ano, já iniciaram as instruções, incluindo o curso do SAMU; biossegurança e DST’s; treinamentos ambientas sobre redes de pesca; parceria com o IBAMA; parceria com o Instituto Butantã, de São Paulo, para um curso sobre animais peçonhentos; projetos de ronda escolar em conjunto com o Instituto Federal Catarinense; e treinamentos com armas de fogo. “Os guardas estão gostando bastante dos treinamentos e está ajudando muito. Vai servir bastante para atendimentos emergenciais, que acontecem regularmente”, afirma o comandante da Guarda Municipal, Antônio Afonso Coutinho Neto.

Sobre o salvamento da criança

No domingo (04), o guarda municipal Telmo João Ricardo Cardoso e seu irmão realizaram o salvamento de uma criança que se afogou na piscina de uma residência na cidade de Governador Celso Ramos. Após identificar o afogamento, ele iniciou os procedimentos de massagem pulmonar e cardíaca, trazendo a criança de volta à vida após três minutos de constante trabalho emergencial.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.