Cursos de qualificação profissional serão oferecidos para a população de Camboriú

A Prefeitura de Camboriú e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) apertaram as mãos na manhã desta quarta-feira, dia 12, após um período de conversa em que foram discutidas maneiras de aumentar a oferta de cursos profissionalizantes na cidade. O secretário de desenvolvimento econômico, Rodrigo Fidêncio, e o diretor na unidade do SENAI/SC de Itajaí, Geferson Luiz dos Santos, firmaram o acordo que começará oferecendo cursos de qualificação na área têxtil e na área elétrica. No dia 18, haverá uma nova reunião para definir local e data para os cursos. A iniciativa atende à determinação do prefeito Elcio Kuhnen, de que os gestores do Município se dediquem a projetos que gerem emprego e renda para a população.

Geferson Luiz explica que os resultados dessa parceria serão percebidos em curto, médio e longo prazo. “Em curto prazo, teremos profissionais para atender o mercado de trabalho no momento. Num prazo médio, o resultado será o início da criação de um programa de formação profissional, com formação contínua em Camboriú”, elenca.



Para o futuro, o objetivo da parceria entre Prefeitura e SENAI é que esse ambiente de qualificação dos trabalhadores seja um ponto decisivo na atração de novos investimentos para o Município. “Acompanhamos os investimentos realizados por grandes empresas em todo o Brasil e elas optam por lugares em que há qualificação da mão de obra”, reforça o diretor do Senai Itajaí.

Para o secretário Rodrigo Fidêncio, atingir essas metas é indispensável para garantir o desenvolvimento sustentável de Camboriú. “Nossa preocupação e esforço é no sentido de investir na estruturação de um ambiente de qualificação profissional que permita desenvolvimento e renda para trabalhadores e empresários na cidade. Atrair investimentos para o Município será uma consequência disso”, defende.

De acordo com Fidêncio, a escolha dos dois cursos que darão início à parceria levou em conta a realidade econômica de Camboriú neste momento. “Há uma demanda crescente na construção civil por eletricistas qualificados. É uma necessidade instantânea, mas que sempre vai existir”, explica o secretário. O curso na área têxtil foi escolhido porque, além das empresas de confecção que já existem na cidade, duas novas indústrias desse segmento se preparam hoje para investir em Camboriú.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.