Em protesto, bolo é levado para ‘aniversário’ de 1 ano de cratera na SC-108

Moradores e motoristas realizaram um protesto na SC-108, entre São João Batista e Major Gercino, na Grande Florianópolis, para reivindicar a reforma de uma cratera na rodovia. Além de faixas, foi levado um bolo para lembrar o “aniversário” de um ano do buraco. O ato que ocorreu no domingo (17) foi para chamar a atenção das autoridades para a situação da demora em iniciar a recuperação da rodovia.

O asfalto no km 166 cedeu depois que o nível do Rio Tijucas aumentou em função de forte chuva no mês de junho de 2017. A reportagem da NSC TV esteve no local na época do desmoronamento, acompanhou os impasses desde então e até o momento nenhuma obra foi feita no trecho.



Bolo de aniversário é levado para a rodovia para chamar a atenção de autoridades (Foto: Reprodução/ NSC TV) Bolo de aniversário é levado para a rodovia para chamar a atenção de autoridades (Foto: Reprodução/ NSC TV)

Apenas uma placa foi colocada no local para indicar o perigo aos motoristas. Nenhuma barreira ou contenção foi instalada nas mediações para alertar os riscos para quem circula no trecho.

O tráfego está em mão única, com os carros precisando usar o acostamento em diversas ocasiões para evitar acidentes.

Placas alertam cuidado para os motoristas na SC-108 (Foto: Reprodução/ NSC TV) Placas alertam cuidado para os motoristas na SC-108 (Foto: Reprodução/ NSC TV)

Ainda não há previsão para uma solução e isso preocupa tanto quem precisa passar diariamente pela rodovia, quanto os produtores que precisam escoar a produção.

O agricultor Manuel Peixer Júnior, que reside próximo do ponto do desmoronamento, enfrenta dificuldades para escoar a produção de aipim. “Não só eu, várias pessoas dependem dessa pista aqui tanto pra chegar ao depósito a matéria-prima, quanto para a venda”, disse.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura tinha a previsão de lançar o edital que escolheria o projeto de recuperação da rodovia até abril deste ano, o que não ocorreu porque a pasta precisou readequar o orçamento pra poder fazer essa licitação. O valor, estimado em R$ 70 mil mudou para R$ 130 mil.

A reportagem procurou novamente a pasta, que não informou o prazo para o lançamento do editar e disse que está trabalhando na licitação do projeto.

Por: G1

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com