Encerrada busca por avião que desapareceu entre Itapema e Navegantes

A operação de busca ao avião desaparecido entre Itapema e Navegantes, no Litoral Norte, terminou.

O filho do piloto José Ubirajara da Silva, 68 anos, Pedro Fernandes, já voltou para o Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa, o trabalho foi encerrado na última quinta-feira. Neste domingo (12), ele publicou uma nota em uma rede social informando que aceitou a morte do pai.



A aeronave desapareceu no dia 27 de julho. Embora alguns objetos e peças tenham sido localizados, não foi possível encontrar a fuselagem no fundo do mar.

A aeronave modelo Conquest 180 desapareceu por volta das 11h10, minutos após decolar do Condomínio Aeronáutico Costa Esmeralda, em Porto Belo. Durante vários dias, equipes do Corpo de Bombeiros Marinha e FAB (Força Áerea Brasileira) realizaram ações para encontrar os destroços. Contudo, após uma semana sem resultados optaram pelo fim da operação.

A família do piloto utilizou uma empresa particular para realizar as buscas no mar. Foram utilizadas três embarcações e um sonar. Mesmo com equipamento de ponta e mergulhadores profissionais não foi possível localizar a aeronave no fundo do mar. A intenção era mapear pontos para que os mergulhadores tentassem localizar a aeronave.

As buscas foram realizadas em uma área de 25 quilômetros quadrados. No sábado, 4, Fernandes localizou uma pequena peça boiando em alto mar. Ele acreditava que pescadores poderiam localizar os destroços e , inlclusive, fez um apelo para que os trabalhadores ficassem atentos em áreas onde as redes pudessem enroscar.

Na manhã deste domingo, Dia dos Pais, Pedro publicou uma mensagem. No breve texto, agradeceu o apoio de um religioso no processo de aceitação. “Hoje decidi aceitar a morte do meu pai. Agradeço o carinho e conforto do padre Renato por me ajudar nesse processo tão difícil! Aproveito pra desejar um ótimo dia dos pais e pedir para que todos, que ainda tem esse privilégio, abracem seus pais por mim!”, escreveu.

Este é o segundo ultraleve que não foi localizado após a queda na região. Em 2012, uma aeronave caiu no mar em Balneário Camboríu. E mesmo tendo testemunhas do local do acidente, as equipes não conseguiram encontrar os destroços. Houve duas mortes neste incidente.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.