Justiça suspende CNH de homem que ostentava vida milionária nas redes sociais e devia 81mil de aluguel

Um empresário teve a carteira nacional de habilitação (CNH) suspensa pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) porque ostentava uma vida milionária nas redes sociais enquanto devia R$ 81,5 mil em aluguel a um shopping center de Florianópolis. Cabe recurso da decisão.

Conforme o TJSC, apesar de deixar de pagar as mensalidades para uso de uma loja no shopping, ele publicava fotos de viagens internacionais. A determinação é de 15 de outubro, do desembargador Raulino Jacó Brüning, e foi divulgada pelo órgão nessa terça-feira (23).



Segundo o Tribunal de Justiça, enquanto o shopping esgotava os meios de cobrar da dívida, o empresário ostentava uma vida milionária e ocultava o patrimônio para evitar penhora.

Com as fotos das redes sociais, Brüning entendeu que o empresário tem condições financeiras de pagar a dívida. Para ele, a suspensão da CNH é uma forma de impulsionar a quitação da dívida e não restringe o direito de ir e vir do empresário.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.