Livro sobre fundador de Camboriú será lançado nessa sexta-feira (4) na Câmara de Vereadores

O livro “Thomaz Francisco Garcia – uma homenagem tardia”, dos autores Sergio Garcia e Cida Garcia, será lançado na noite desta sexta-feira, dia 4, às 19 horas, na Câmara de Vereadores de Camboriú. A genealogia recupera a história familiar do fundador da Vila Garcia, hoje sede do Município. Na ocasião, serão homenageadas cinco trinetas vivas de Thomaz. Este é o terceiro livro de Sergio Garcia que, aos 68 anos, coleciona histórias de viagens e peregrinações pelo mundo reproduzidas nas suas duas primeiras obras.

“Alma Lapidada” (2003), o primeiro livro de Sergio Garcia, é resultado da peregrinação pelo caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Sua segunda obra, “A Índia das almas mergulhadas” (2012), foi produzida a partir de um roteiro em que o autor percorreu África do Sul, Índia, Nepal e Austrália. Agora, o advogado que se aventura como escritor volta o olhar para a terra em que passou boa parte de sua infância: Camboriú. “Nasci em Florianópolis, mas minha família é da localidade de Macacos, no interior de Camboriú, onde meu pai tinha laranjal. Posso dizer que fui criado nos Macacos”, conta Sergio.

A ideia da genealogia de Thomaz Francisco Garcia surgiu para Sergio após a descoberta de suas origens açorianas e de uma viagem com a irmã Cida, que o apoiou na produção do livro, aos Açores. “Até pouco tempo sabia-se muito pouco sobre o fundador de Camboriú. O que havia eram passagens nas obras dos historiadores locais, além de documentos e textos esparsos. Com essa genealogia, a ideia é fazer com que os descendentes da família Garcia e todos que vivem em Camboriú possam ter acesso a essa memória”, destaca o autor.

Toda a comunidade está convidada para a cerimônia de lançamento da obra que, de acordo com Sergio, conta com mais de 300 fotografias, sendo a maioria antiga, em preto e branco. A Câmara de Vereadores de Camboriú fica na Rua Siqueira Campos, nº 480, no Centro.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com