Primeiras crianças da região recebem medicamento contra bronquiolites e pneumonias

Nesta terça-feira (27), as primeiras crianças da região da Foz do Rio Itajaí começaram a receber a medicação Palivizumabe para prevenir bronquiolites e pneumonias, em Itajaí. Ao todo, oito bebês foram imunizados pelos profissionais do Centro de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CEPICS). O medicamento de alto custo, fornecido pelo Governo Federal gratuitamente, é considerado uma das medidas mais eficazes para minimizar os riscos de doenças respiratórias.

Itajaí foi escolhida pela Gerência Regional de Saúde por ser referência na aplicação da Palivizumabe. A medicação é disponibilizada, por indicação médica, para bebês prematuros de alto risco, de 29 semanas a seis meses de idade, e em crianças menores de dois anos portadores de doenças cardíacas e displasia pulmonar.



“Com a aplicação da Palivizumabe, além de prevenir as pneumonias e as bronquites, há uma redução de 55% nas hospitalizações, também há um decréscimo no número de internações e da necessidade dessa criança ir para oxigenoterapia, além de contribuir na redução da taxa de mortalidade infantil na região”, explica a coordenadora do CEPICS, Leslie Kobarg Cercal Patrianova.

O fármaco conta com um protocolo de uso para cada criança e o esquema medicamentoso completo, administrado em até cinco doses, a cada 30 dias, pode custar até R$ 25 mil. Além da aplicação do medicamento, a Secretaria de Saúde de Itajaí disponibilizou todo suporte para receber as crianças no CEPICS e intervir em caso de alguma reação: ambulância, um cardiopediatra, duas enfermeiras e uma técnica de enfermagem.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com