Sobrepeso é fator de risco para predisposição de cânceres em mulheres

Manter uma alimentação saudável e cuidados com o peso são maneiras de prevenir e tratar do câncer. É o que explicou a coordenadora do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) de Camboriú, Aline De Faveri, durante a palestra sobre educação alimentar realizada na manhã desta quarta-feira, dia 25, como parte da programação alusiva ao Outubro Rosa na cidade. O evento reuniu moradores e membros do grupo Hiper Dia na Academia de Saúde Luiz Manoel da Cruz, no centro. Aline, que também é nutricionista, destacou ainda que o sobrepeso e a obesidade são fatores de risco para todos os cânceres, mas em especial para os de mama e colo de útero.

“Prevenir é sempre o melhor remédio e manter-se no peso ideal é fundamental para a prevenção. A obesidade e a má alimentação podem promover um estado inflamatório no organismo, diminuindo as defesas do corpo. Isso predispõe as pessoas a doenças, podendo desencadear complicações como o câncer”, explicou Aline durante a palestra, ministrada ao lado da nutricionista da rede municipal Denise de Souza. Elas ainda listaram outros fatores de risco. “Sedentarismo, estresse, cigarro, álcool e exposição ao sol em excesso também aumentam a probabilidade dos cânceres. Alimentação é só uma parcela, mas as mulheres devem se manter atentas”, reforçou a coordenadora do NASF.
A partir dessa fala, as profissionais passaram orientações sobre os alimentos que são benéficos ao organismo e aqueles que devem ser estar fora da nossa alimentação. Dentre os que auxiliam na prevenção das doenças e melhoram o funcionamento do organismo estão azeite de oliva, uva, couve, sardinha, linhaça e melancia, além de a combinação arroz e feijão, abacate, chá de hibiscos, cúrcuma, ovos e laranja. Já a lista de produtos prejudiciais contempla pizzas e lasanhas congeladas, refrigerantes, gelatina, miojo, sorvete, salsicha, gelatina e bolachas – principalmente se consumidos em quantidade exageradas.
O secretário de Saúde de Camboriú, Ronnye Peterson Nasser dos Santos, agradeceu a presença de quem compareceu à palestra e reforçou a necessidade de ações de promoção de saúde. “Atualmente, os cânceres de mama e colo de útero estão no topo dos que mais matam no mundo, atrás apenas do câncer de pulmão. Falar sobre alimentação adequada e a importância da prática de exercícios físicos na rotina é uma maneira de sensibilizar para a prevenção. E ver o comprometimento dos que compareceram, mesmo que em um dia chuvoso, mostra que estamos no caminho certo”, pontuou.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com