Brasil: Menina de 13 anos é acusada de matar sobrinho, irmã grávida e arrancar bebê de barriga

Uma menina de 13 anos é apontada pela polícia de Rondônia como suspeita de matar o sobrinho de 7 anos e a irmã grávida, de 23 anos. A menina ainda teria arrancado o bebê da barriga da vítima. As informações são da Record TV e do Portal R7.

Bebê sobreviveu após ser arrancado da barriga da mãe morta – Foto: Portal R7/Reprodução

Conforme as primeiras informações, a jovem de 23 anos foi encontrada em uma cova rasa em um terreno atrás de um condomínio na zona sul de Porto Velho. Já o menino de 7 anos foi localizado em um lago.

Suspeita diz que sofreu abuso sexual de cunhado

De acordo com a Polícia Civil, a adolescente teria contado com o apoio de um garoto, também adolescente, para cometer o crime. A irmã grávida foi morta com golpes de faca e de uma barra de ferro.

A menina suspeita afirmou em seu depoimento que cometeu o crime porque sofria violência por parte da irmã. Ela também contou que o cunhado já havia abusado sexualmente dela, conforme a polícia.

Bebê foi ‘encomendado’

O outro adolescente teria aceitado participar do crime com a intenção de arrancar o bebê da vítima. De acordo com a polícia, o jovem queria simular uma gravidez da mãe e, para isso, levaria o recém-nascido.

A mãe do adolescente, que teria feito uma espécia de encomenda do bebê, não foi localizada pela polícia. Outras testemunhas ainda devem ser ouvidas.

Comente Abaixo