Cocaína é apreendida em carga de papel no Porto de Itajaí

Foto: Receita Federal, Divulgação

A Receita Federal realizou na manhã deste sábado (19) a apreensão de 335 kg de cocaína durante uma operação de repressão aduaneira no Porto de Itajaí.

A droga foi localizada em meio a uma carga de papel que teria como destino final o porto da Cidade do Cabo, na África do Sul.

Para a localização da cocaína, a Receita Federal fez uso do equipamento de raio-x, além de um trabalho intenso de inteligência e gerenciamento de risco. O método utilizado pelos criminosos foi o Rip On Rip Off, quando a droga é inserida em meio a uma carga lícita sem o conhecimento do exportador.

Esta é a primeira apreensão de cocaína realizada pela Receita Federal no Porto de Itajaí no ano de 2022. Nos portos de Santa Catarina já foram apreendidos ao todo, apenas pela Receita Federal, 654 kg de cocaína.

Todos os dados colhidos durante a operação realizada serão repassados à autoridade policial, que seguirá com a investigação do caso.

SCC10

Publicidade