Com 1 mil testes pendentes, Lacen prevê aumento nos casos de coronavírus em SC

Com 1 mil testes aguardando resultado, o Lacen/SC (Laboratório Central de Saúde Pública em Santa Catarina) prevê aumento no número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) nos próximos dias. O laboratório ficou três dias sem receber novos kits.

O objetivo é que, até este domingo (5), uma força-tarefa conclua todos os resultados pendentes. Segundo a diretora do Lacen, Marlei Pickler Debiasi dos Anjos, cinco profissionais voluntários se juntaram à equipe, por tempo indeterminado, para agilizar o andamento dos testes.

O Lacen recebeu nessa quinta-feira (2) 5.330 mil novos testes do Ministério da Saúde. Os insumos serão usados nas confirmações de casos suspeitos da doença de todo o Estado. A alta demanda ocorre pois o laboratório é o único na rede pública catarinense que faz as testagens.

Seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, atualmente são testados apenas pacientes em estado grave, gestantes, recém-nascidos filhos de mulheres com diagnóstico positivo, e profissionais da saúde e segurança pública.

Cerca de 40 profissionais atuam no laboratório, que funciona todo os dias das 7h à 00h. São três turnos de trabalho divididos em funções de coleta, manutenção, aquisição e liberação de exames.

A Secretaria de Estado da Saúde recebeu também nessa quinta-feira 16,6 mil kits de testes rápidos. Os kits serão distribuídos aos municípios e devem ser usados, num primeiro momento, apenas nos profissionais da saúde.

Método de testagem

No laboratório são feitas as testagens com o método PCR. São colhidas amostras das mucosas dos pacientes e, a partir delas, chega-se ao diagnóstico da infecção.

O RNA, uma parte do carga genética do vírus, é usado para ampliar o material. Assim é possível verificar a contaminação pela Covid-19. Em condições normais, os resultados podem ser obtidos em até 48h, mas com a alta demanda, a previsão é de divulgação em sete dias.

Em Santa Catarina, 281 pessoas tiveram a confirmação do diagnóstico pela Covid-19, segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde da noite de quinta-feira (2).

Até a tarde desta sexta-feira (3), seis mortes foram registradas no Estado.

Comente Abaixo