Embratur vem a Balneário tratar sobre o “Museu de Taquaras”

Na tarde desta sexta-feira (11), a Fundação Cultural de Balneário Camboriú recebeu a gerente de integridade e integração da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (EMBRATUR), Catiane Seif, para uma reunião sobre a construção do Museu de Taquaras, entre outros assuntos.

A reunião foi agendada no início da semana, quando a presidente da Fundação Cultural, Denize Leite, e a diretora de Artes, Lilian Martins, estiveram em Brasília para apresentar projetos com o objetivo de buscar recursos para a cultura da cidade.

Da reunião da tarde desta sexta-feira, ficou acertado que Catiane viabilizará agendas nos ministérios do Turismo e da Cidadania e Secretária da Cultura para alinhar as tratativas e agilizar o processo para obtenção de recursos.

Também participou da reunião o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico do Município, Valdir Walendowsky, que conversou com a gerente sobre o projeto de sinalização turística de Balneário Camboriú e deu início às tratativas para um projeto turístico inclusivo a pessoas com deficiência.

MUSEU DE TAQUARAS

A praia de Taquaras, na porção sul do litoral de Balneário Camboriú, conserva importantes acervos do patrimônio cultural imaterial da cidade, ainda em funcionamento: ranchos de pesca da tainha, com canoas bordadas tradicionais, carpintaria naval tradicional, engenho de mandioca.

A comunidade está engajada na manutenção das tradições, bem como a preservação do meio ambiente da praia agreste, vivendo o que preconiza o conceito da UNESCO da “Paisagem Cultural”, em que se estabelece a relação entre a atividade humana e o meio ambiente.

A comunidade já tem acessado diversas plataformas de incentivo, nas instâncias Federais, Estaduais e Municipais, fortalecendo as manifestações culturais locais. A comunidade tem um acervo de registros audiovisuais dos mestres de ofício locais, realiza visitas guiadas com alunos da comunidade escolar e, anualmente, promove a Festa Comunitária Raízes de Taquaras.