Joinville: Reeleito, Udo exonera 467 comissionados

Mesmo com a reeleição do prefeito, o planejamento do governo Udo Döhler foi cumprido e os ocupantes de cargos comissionados da Prefeitura de Joinville foram exonerados, com portarias válidas a partir de amanhã. A lista inclui os secretários e subprefeitos – a maioria desses postos de primeiro escalão será renomeada a partir do dia 2 de janeiro.

Os demais cargos de confiança serão ocupados aos poucos, iniciando pelos serviços considerados essenciais. A reforma administrativa a ser votada em fevereiro pela Câmara prevê corte de parte dos postos de confiança. A estrutura da Prefeitura prevê 505 cargos comissionados, com 483 ocupados em novembro, conforme o Portal da Transparência. É possível que tenha havido demissões em dezembro, antes da exoneração em massa, porque as portarias publicadas ontem trazem 467 nomes.

O Executivo municipal tem 12 mil funcionários. A maioria, quase 11 mil, é formada por servidores efetivos. Os demais são os comissionados, temporários e estagiários. A folha de pagamento custa mais de R$ 60 milhões mensais.

Ainda quer

A Secretaria de Saúde de Joinville ficou surpresa com o cancelamento do repasse de R$ 500 mil pelo Ministério da Saúde para a construção de novo Centro de Atenção Psicossocial (Caps). O prazo para início da obra não foi cumprido. A Saúde alega ter explicado os motivos e aguarda prorrogação do contrato.

Filtro na LOT

A sanção do projeto da LOT ficou para o ano que vem porque a Prefeitura de Joinville pretende fazer uma análise jurídica do texto e das emendas incluídas pelos vereadores. Ainda que tenham sido excluídas as propostas envolvendo as áreas de expansão urbana, ameaçadas de veto, o município quer saber se as emendas restantes podem ser mantidas.

Na gaveta

Tema de polêmica em Joinville, o projeto da Escola sem Partido não chegou a ser votado pela Câmara de Vereadores e só poderá voltar a tramitar caso algum parlamentar peça o desarquivamento da proposta a partir do ano que vem. A autora do projeto, Pastora Leia (PSD), não foi releeita.

Ligando os pontinhos

A drenagem do rio Mathias, com instalação de galerias para escoar a água em excesso, está abrindo frentes de trabalho na Jerônimo Coelho (foto) e na travessa Bachmann, na área central de Joinville. Houve intervenções também nas ruas Eusébio de Queiroz, Otto Boehm e Fernando de Noronha, além dos trabalhos na praça da Bandeira e ao lado do rio Cachoeira. Em algum momento, as obras vão se conectar.

Tráfego

Pelas estimativas de tráfego da Autopista Litoral Sul, domingo será o dia de maior movimento na BR-101 neste período de festas. A estimativa é de que passem quase 68 mil veículos pela praça de pedágio de Araquari. No sábado e na segunda, ficará em torno de 65 mil. Seja como for, dá em média um movimento acima de 80% dos demais dias do ano.
Em terceiro

As quase 800 vagas criadas desde janeiro dão a Araquari o posto de terceira cidade com maior geração de empregos em Santa Catarina neste ano, até novembro. Só Gaspar e São João Batista conseguiram resultados melhores.
Quantos votos

Na lista de indicados do PMDB a cargos comissionados na Prefeitura de Joinville, entrou quem ajudou na campanha e os suplentes com mais de 500 votos. Assim, onze suplentes não estão na lista. Em 2013, um grupo de suplentes se revoltou e chegou a criar movimento. Nada conseguiu.
Será na mesma hora

As posses de Udo Döhler e Gean Loureiro, os dois peemedebistas eleitos no segundo turno em Santa Catarina, serão no mesmo horário, o que deverá levar à uma escolha entre lideranças peemedebistas. Ausente na diplomação, Pinho Moreira deve vir a Joinville. Quanto a Mauro Mariani, ainda não se sabe, mas talvez não vá em nenhuma.

Abrigos

Dos R$ 2,2 milhões contratados em 2014 com o governo federal para instalação de mais de 600 novos pontos de ônibus em Joinville, foram gastos apenas
R$ 417 mil. Na pesquisa mais recente sobre qualidade do transporte, publicada no ano passado, o conforto dos pontos do ônibus tirou a nota mais baixa entre 15 itens avaliados.

Até nas gratuidades

O Ippuj está apresentando planilhas sobre o transporte coletivo de Joinville com dados sobre queda também entre usuários com passagem gratuita, como os idosos. Nos meses mais recentes do levantamento, entre agosto e outubro, em torno de 350 mil pessoas com mais de 65 anos de idade foram transportadas mensalmente.

Eram mais na década passada

Nas planilhas de 2005, a única disponível da década passada, a média mensal do período ficou em 500 mil passageiros. Em 2009, os vereadores de Joinville aprovaram lei determinando gratuidade a partir de 60 anos. O sindicato das empresas de ônibus derrubou a legislação na Justiça alegando prejuízos no contrato com a Prefeitura.

2017

Ainda que esteja praticamente definido o reajuste da passagem comprada com antecedência, de R$ 3,70 para R$ 4, o decreto do aumento do transporte coletivo deverá ser publicado em Joinville somente na próxima semana. O valor é o indicado na planilha e, coincidentemente, é o mesmo da inflação.

Lembrança

“A cidade cresceu acima da média nacional e o poder público teve dificuldade de acompanhar o seu crescimento. Na carona do desenvolvimento, vieram os problemas sérios no atendimento da saúde, educação infantil, trânsito congestionado e a violência que assusta a todos nós”. Apenas para lembrar, esse foi o discurso de Udo na posse, em 2013. Foi lá que ele consagrou a frase “não há segredo, há trabalho”.

Arestas

Na manhã de domingo, Udo se reúne com pelos menos 15 vereadores para o retoque final da eleição da mesa diretora. A composição da mesa diretora, com Fernando Krelling na presidência, além de quem indica os diretores e demais cargos comissionados, também já está definido. O encontro vai servir apenas para o pessoal ajustar os últimos nomes.

Quase

Em 2013, só Adilson Mariano não votou em João Carlos Gonçalves na eleição para a mesa da Câmara.

Ainda

Agora, faltam quatro votos para Fernando Krelling conquistar a unanimidade.

Na mesma

As estatísticas de vendas ainda não foram divulgadas, mas empresário lojista acredita que pelo menos o pessoal em Joinvillle igualou as vendas do ano passado, O que é prejuízo, afinal, os custos cresceram bastante em um ano.

(Por Saavedra – A Notícia)

Comente Abaixo