Ladrão rouba carro de Uber e é linchado por populares em Palhoça

Um homem de 29 anos identificado como Deivid Duarte foi linchado até a morte no começo da tarde desta terça (17), em Palhoça. Segundo testemunhas, ele teria participado de um assalto à mão armada durante uma corrida por aplicativo minutos antes.

Quando parou para abastecer, no Posto de Combustíveis Galo, na Barra do Aririu, Deivid foi surpreendido por um grupo de motoristas e espancado com a ajuda de capacetes e até uma corrente, que foi apreendida pela Polícia.

Uma ambulância do Samu foi acionada. Os socorristas ainda tentaram reanimar a vítima, sem sucesso. A Polícia informou que Deivid não possuia passagens pelas delegacias. Um homem que se identificou como cunhado de um tio de Deivid confirmou a participação do rapaz no assalto, mas revelou que ele estava desempregado, havia sido abandonado pela mulher e passava por um momento difícil.

– Era um trabalhador, não era vagabundo. Não sabemos por que foi fazer essa burrada -, lamentou o familiar.

No final da tarde, o IML esteve no local, assim como agentes da Polícia Civil. Três suspeitos de terem participado das agressões foram identificados.

Fonte: Tudo Sobre Floripa

Comente Abaixo