Mulher morre um dia depois de ser presa, em Itajaí

Uma mulher morreu no Presídio Feminino de Itajaí um dia depois de ser detida. Ela foi presa no sábado (17), e no domingo (18) passou mal e não resistiu.

De acordo com o Deap (Departamento de Administração Prisional), a mulher, de 28 anos, começou a passar mal no domingo. Ela chegou a receber os primeiros socorros dos agentes de plantão na unidade e de uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu.

O laudo do IGP (Instituto Geral de Perícias) deve apontar a causa da morte. Em nota, o Deap informou que “todas as medidas legais e periciais foram tomadas e as circunstâncias e responsabilidades sobre o fato estão sendo apurados”.

A mulher era natural de Guariniaçu, no Paraná, e havia sido presa por infração no artigo 33 da Lei 11.3343/2006, por “oferecer droga, eventualmente e sem objetivo de lucro, a pessoa de seu relacionamento, para juntos a consumirem”.

O corpo dela será velado em Joinville, no Norte do Estado, e enterrado no Cemitério Nossa Senhora de Fátima, na quinta-feira (21).

ND Online