Mulher questiona que vacinas estavam prontas para aplicação

Foto: Reprodução

A advogada Ana Caldart procurou o DIARINHO para relatar o que chama de fato  “gravíssimo” ocorrendo na vacinação contra covid-19 em Balneário Camboriú. Ela levou o pai, na última terça-feira, 30, no drive thru do Ginásio Ivo Silveira, para receber o imunizante e ficou inconformada ao ver as seringas prontas para aplicação.

“Fui acompanhar o meu pai se vacinar e quando chegamos lá, as seringas já estavam prontas, com o líquido da “suposta vacina” dentro. Não vimos os frascos das vacinas, não vimos retirando o líquido do frasco, simplesmente as seringas estavam já todas com o líquido dentro. Como podemos saber que era realmente a vacina?,” questiona.

Ana ficou preocupada já que tantos casos de irregularidades na vacinação no Brasil já foram denunciados. Ela afirma que a vacinação não passa nenhuma segurança à população e pede que a situação seja investigada.

O município informou que o objetivo de deixar as seringas preparadas para aplicação é agilizar o processo da vacinação. Quem não se sentir confortável e seguro com isso pode pedir para acompanhar todo o processo, desde o thriller onde é retirada a vacina até o momento da aplicação da dose.

Por Diarinho