Preso homem responsável pelo vazamento de gás que causou explosão em apartamento

Foi preso nesta sexta-feira, 25, um morador do condomínio residencial Garden Village Residence, suspeito de ter causado o vazamento de gás que provocou uma explosão em uma das torres.

De acordo com os peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP), a válvula do gás foi aberta sem autorização. Uma das moradoras disse ter visto um vizinho mexendo na válvula mais de uma vez. Após repassar as imagens das câmeras de segurança, o homem foi identificando e preso pela Polícia Civil. Segundo informações, o suspeito já tem 38 boletins de ocorrência registrados.

A explosão aconteceu por volta das 16h30 desta quinta-feira, 24, quando um dos moradores do terceiro andar acendeu a luz do corredor. Praticamente todo o bloco foi atingido pela onda de choque, mas não houve danos estruturais.

A vítima de 23 anos teve queimaduras de segundo grau e encontra-se internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde permanecerá pelos próximos dias.

32 apartamentos do bloco onde ocorreu a explosão foram afetados e cerca de 70 moradores tiveram que deixar seus lares. Não há previsão para eles retornarem a seus apartamentos. A Central de Gás foi interditada pela Defesa Civil e todos os moradores do condomínio estão sem gás.

Vítima transferida para São Paulo

Ademir Formigoni Junior, 37 anos, um dos moradores atingidos pela explosão, foi transferido para um hospital de São Paulo. Ademir sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus em 70% do corpo.

A mulher dele, uma médica, também se feriu, mas está fora de perigo.

 

Por Camboriú.News

Comente Abaixo