Servidor sem formação é nomeado como Coordenador Pedagógico

O prefeito de Camboriú Élcio Kuhnen nomeou Sanderson Santos, ex-motorista da prefeitura, para o cargo de coordenador pedagógico. Informações são de que o nomeado sequer teria formação para assumir a nova função.

Sanderson foi um ativo apoiador da campanha eleitoral de Élcio.

Questionada, a Prefeitura de Camboriú disse que houve um “erro de digitação” na hora da nomeação e a portaria será revogada. O cargo correto seria coordenador de Obras e Serviços Urbanos, lotado na Secretaria de Obras. De acordo com a assessoria, a portaria será revogada.

A parte mais curiosa é que a portaria de nomeação do servidor passou pelo Recursos Humanos, secretaria de Administração, Chefia de Gabinete e pela mão do próprio prefeito, e ninguém notou o erro.

Vale lembrar ainda que a portaria publicada ontem, dia 15, é datada do dia 1° de março. Mesmo que houvesse um “erro de digitação”, o servidor não tem desempenhado o serviço de coordenação nos últimos 15 dias, portanto não haveria o porque retroagir o ato.

Com informações de Linha Popular