WhatsApp adiciona recurso de chamadas de voz e vídeo em versão desktop

© REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração

O WhatsApp anunciou nesta quinta-feira (4) que lançou um recurso de chamadas de voz e vídeo na versão do aplicativo para computadores de mesa.

A companhia, controlada pelo Facebook, afirmou que as chamadas serão processadas por sistema de encriptação de dados de ponta a ponta.

O anúncio deve colocar o WhatsApp como um novo rival aos sistemas de videoconferência oferecidos por empresas como Microsoft, Google e Zoom, mas não ficou claro se a empresa pretende competir neste segmento.

Por enquanto, será possível fazer apenas ligações individuais, pois o recurso de chamadas em grupo de até 8 pessoas ainda não está liberado. A janela das ligações de vídeo funciona nos modos paisagem e retrato, podendo ser redimensionada. Ficará configurada para ficar sempre em 1º plano em relação às outras janelas.

Segundo a empresa, todas as chamadas são protegidas com criptografia de ponta a ponta, o que significa que a empresa não pode ouvir nem ver as ligações feitas pelo computador –assim como ocorrem com as chamadas pelo celular e na troca de mensagens de texto e áudio.

Usuários do WhatsApp Web, versão da plataforma acessada pelo navegador, ainda não poderão fazer chamadas.

De acordo com o WhatsApp, 2020 teve recordes na utilização das chamadas de áudio e vídeo na plataforma, principalmente por conta do distanciamento social imposto pela covid-19. Só no feriado do Ano Novo de 2020, foram realizadas 1,4 bilhão de chamadas de voz e de vídeo em 1 só dia

Agência EBC/Poder360